Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Poema: Ansiedade à toda prova - Erivelto Reis

ANSIEDADE À TODA PROVA
Erivelto Reis


O aluno anseia o conceito,
Mas tem medo de pensar na prova
O aluno anseia o sucesso,
E estuda para conquistar a nota.

Ele insiste, aprende, busca o resultado
Determinado a não aceitar derrota.

Essa história nunca vai mudar:
Ansiedade
É saudade do que está por vir...
É pressa de “nunca” chegar.

2 comentários:

  1. Aluno - (do latim alumnus, alumnié - ausência de luz - O termo aluno aponta, portanto, para a ideia de alguém imaturo, que precisa ser alimentado na boca e exige ainda muitos cuidados paternais ou maternais);
    a ansiedade positiva é o olhar sobre diversas possibilidades, afora o que se nomeou no passado como ícone sagrado de um suposto prazer. É a prova máxima da eternidade do recomeço, capacidade e criatividade do indivíduo. Seja aquele “frio na barriga”, ou até um nervosismo, o importante é que tais elementos nos impulsionem para um patamar de esforço pessoal que traga uma evolução global de nossa personalidade. É totalmente um mito a tese do equilíbrio pleno. Psicologo Antônio Carlos de Araújo.

    ResponderExcluir
  2. poxa professora é a pura verdade...quando nao fica frustado.......rsrs

    ResponderExcluir