Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Poema: Ponto Final - Erivelto Reis


PONTO FINAL
Erivelto Reis

Nessa história de ser sempre aprendiz,
Tem gente que não aprende:
Que acha que amigos
São como desenhos de giz.
Que a vida é uma sala de aula,
Que amizade é quadro negro
Desenhado com gráficos estatísticos
Respaldados em processos metafísicos.
Sentimentos não são rascunhos,
Pessoas não são desenhos...
É assim no lugar de onde eu penso que venho.
Amigos são pra toda a vida
Devem ser elogiados, reconhecidos... Prestigiados.
Se em silêncio de pacto que não possa ser quebrado,
Pelo menos, respeitados, reverenciados à distância.
Como os sonhos relembrados, ocasionalmente
Resgatados da memória da infância.
Pense nisso, guarde a ideia por toda a vida:
Amigos não são rabiscos, que se apagam ao final do ano,
Ao final de uma aula, de uma lição nem sempre aprendida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário