Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

"Toada" - Poema de Erivelto Reis

Toada
Erivelto Reis
Ai, dia difícil, vai:
No registro no cartório,
Na linha da identidade,
Na parede da sala,
Na falta de felicidade!
No porta-retrato na mesinha,
No monóculo do passado,
No álbum da (ex-)família,
No sem-descanso da tela,
Nesse silêncio da trilha!
Nessa lembrança singela.
No três por quatro da carteira,
Na memória, na moleira,
No juízo, no exemplo, na soleira:
Ai, dia difícil, vai!
Vai achar em todo canto,
A saudade do meu pai.
Não arrepare esse aparte,
Esse drama, esse assunto,
Esta toada, este luto…
Meu coração ainda bate:

Não sabe que morreu junto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário