Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Poema: "Lattes", de Erivelto Reis

Lattes
Erivelto Reis 
Colhi chuva
Suei prantos
Abracei amigos
Fiquei no meu canto.
Sei qual é o meu lugar,
Às vezes, perto de quem não sabe o seu...
Sorri e falei sozinho
Curti e compartilhei sem ler
Me esforcei pra ler o que deu.
Guardei só pra mim
O que não entendi.
Não posso comprovar nada
Não posso desmentir nada
O erro é a vírgula das histórias
Não dá diploma, mas certifica
Se não edifica, se repete
Se não se repete, consta, supõe-se
Conhecimento
Eis minha inacabada tese...
Apresentada antes que a terminasse
Meu Lattes não aceita likes!
Ah, se aceitasse!...
Ih?! Se aceitasse...

Nenhum comentário:

Postar um comentário