Quem sou eu

Minha foto
Poeta - escritor - cronista - produtor cultural. Professor de Português e Literaturas. Especialista em Estudos Literários pela FEUC. Especialista em Literaturas Portuguesa e Africanas pela Faculdade de Letras da UFRJ. Mestre em Literatura Portuguesa pela UFRJ. Nascido em Goiás, na cidade de Rio Verde. Casado. Pai de três filhos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Poema: "Iago e Aquiles" - Poema de Erivelto Reis

Iago e Aquiles
Erivelto Reis

Ah, esses gregos!
Seus egos,
Seus segredos,
Seus prédios sem pregos
Erigidos por Sabedoria e pedra.
Eu tento entendê-los,
Mas me sinto em degredo:
Ouvi-los, até ouço,
Compreendê-los – lê-los – é um grande esforço.
Alelos, paralelos, palimpsestos...
Pretextos pra supor os restos,
Arremedo de desassossego!
Mitos, Musas, Atenas, Prometeus e Atlas e medos:
Para mim parece que estão falando grego.
A festa foi bonita, (Pá)ladinos?...

Ah, esses latinos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário